3 de outubro de 2010

Das viagens à capital...




...do RS, Porto Alegre, dois registros...

No dia 6/09/2010, véspera de um dos nossos feriados mais comemorados, o Dia da Pátria - 07/09/2010, uma tarde na Usina do Gasômetro e...




.. no dia 20/09/2010, dia mais importante da nossa tradição de gaúchos que amam a sua terra, nossa visita ao terreno em que se construirá o novo estádio do Grêmio Football Portoalegrense, nosso time de coração, a Arena Grêmio, no Bairro Humaitá, Zona Norte de Porto Alegre. Saímos de Caxias por volta de 12h prá chegar em Porto Alegre a tempo de pegarmos a carreata lá do Olímpico. Sim, porque eu pensei, "ah, eu não quero só ir até à Arena, eu quero estar com a galera Tricolor"! Uhuuuuuuuuuuuu! E, a melhor filha do mundo, minha motorista, companheira e amigona, fez a melhor viagem do mundo prá chegar lá a tempo. Eram 13:20h quando chegamos a entrada da capital e, dessa vez, nossa amiga Geralda não nos deixou na mão. O GPS funcionou direitinho e levou a gente até a Azenha sem nenhum percalço! Uhu! Estávamos, finalmente, junto da galera...




Nós, em frente a uma das entradas do Olímpico Monumental. A Nah fez as fotos de dentro do carro, que estava atrás dessa Eco aí da frente. 


Agora, se prá ir a POA nós levamos "apenas" 1h e 25min, pasmem!, para chegar a Arena levamos 3 horas. YES! Saímos da frente do Olímpico às 14:45h, mais ou menos, e quando chegamos a Arena, eram mais de 5 horas da tarde, believe me! Há! Há!


Essas aqui eu que fiz de dentro do carro. Mostram a nossa chegada, indo em direção ao estacionamento, logo mais ali na frente, onde deixamos o carro e fomos à pé, até a entrada reservada aos torcedores.





E aqui estamos nós, dentro do terreno da Arena, no bairro Humaitá e essas foram as imagens que nós vimos! Quando chegamos, estavam estourando os fogos comemorativos. Já haviam acontecido os discursos, a leiva de grama já havia sido plantada. As máquinas já haviam sido simbolicamente acionadas. Mas em cada rosto se via a admiração e a fascinação pelo futuro. A nossa nova casa, a Arena Grêmio.





Ah! E não é propaganda política, maaaaaas, não podia deixar de mencionar que este cara aí foi o responsável por chegarmos aqui. E vaidades políticas à parte, na minha opinião - modesta opinião -, acho que Paulo Odone foi injustiçado num passado não muito distante dos dias de hoje, mas se não fosse a sua perseverança e a sua luta, não estaríamos ontem, lá no terreno da Arena, presenciando a "história Tricolor". Porque foi isso que nós fomos fazer lá ontem. E, apesar de todo cansaço, saímos felizes e certas de que fizemos a nossa parte como torcedoras, incentivadoras e imortais tricolores.

 








Vídeo - Nahzinha


video